sábado, 2 de janeiro de 2010

O isto e o aquilo das coisas - Do ya?

Estão a ver aquele bichinho de ano novo e não sei quê? Aquela coisa que toda  a gente faz questão em dizer do género "ano novo, vida nova". 
Pois bem cá para mim não! Eu cá sinto tudo igual. E como está tudo igual e a felicidade quer-se é no topo aqui vai uma musiquinha para alegrar o espírito dos mais aborrecidos com a vida e daqueles que estão tão bem que até chateia!




Do you believe in magic in a young girl's heart
How the music can free her, whenever it starts
And it's magic, if the music is groovy
It makes you feel happy like an old-time movie
I'll tell you about the magic, and it'll free your soul
But it's like trying to tell a stranger 'bout rock and roll

If you believe in magic don't bother to choose
If it's jug band music or rhythm and blues
Just go and listen it'll start with a smile
It won't wipe off your face no matter how hard you try
Your feet start tapping and you can't seem to find
How you got there, so just blow your mind

If you believe in magic, come along with me
We'll dance until morning 'til there's just you and me
And maybe, if the music is right
I'll meet you tomorrow, sort of late at night
And we'll go dancing, baby, then you'll see
How the magic's in the music and the music's in me

Yeah, do you believe in magic
Yeah, believe in the magic of a young girl's soul
Believe in the magic of rock and roll
Believe in the magic that can set you free
Ohh, talking 'bout magic

Do you believe like I believe Do you believe in magic
Do you believe like I believe Do you believe, believer
Do you believe like I believe Do you believe in magic



I do believe in this grooving magic, oh yes I do! and you should too!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

A Rita Rubrica : natal e essas coisas


[sempre foi a minha preferida, e o filme também já comoveu em pequenina (:]
Bem pelos filmes, músicas, luzinhas e tudo isso parece que o santa claus está coming to town, mas parece que por estes lados o espírito natalício ficou perdido na saudade dos natais de antigamente.
Estamos a dia 21 Dezembro, nesta altura a Rita já tinha todas as prendas preparadas , ou mesmo que não tivesse estavam todas pensadas ao pormenor, já tinha toda a casa cheia de enfeites natalícios porque sim e porque a fazia feliz.
Bem, 21 de Dezembro de 2009, e nada disso acontece, parece simplesmente mais uma semana como outra qualquer. A Rita não pôs os enfeites, e a casa ficou vazia. A Rita não sabe que presentes vai dar, e só isso já a deixa meio perdida quando repara em toda a azáfama que vai à volta dela por causa d' "O natal".
A Rita gosta do natal, mas não está a gostar deste natal.
Só espero que todos tenham o espírito natalício que falta à Rita.
Enfim, Bom Natal a todos :)

sábado, 5 de dezembro de 2009

A Rita Rubrica : o melhor pastel de nata

Hoje a rubrica vai ser algo levezinho, tudo porque eu sei que já falhei o último sábado, e este não queria de todo voltar a fazê-lo. Não sabia bem o que haveria de escrever, mas desde ontem que cá em casa não se fala de outra coisa (os meus pais têm uma pastelaria) e como cheguei cá e olhei para o cabeçalho aqui da coisa, pensei "ok vai mesmo ter que ser"...






E o «melhor pastel de nata» é...

Sabor, aspecto, qualidade da massa, creme e cozedura foram os principais parâmetros de avaliação para eleger o «Melhor Pastel de Nata» de Lisboa, um concurso realizado esta quarta-feira, que teve a participação especial do Estabelecimento Prisional do Linhó(...) in IOL





Bem isto cá por casa deu muita controvérsia, sim porque na televisão caracterizaram-no como o melhor pastel de nata do mundo, e como a minha avó diz "a nossa galinha é sempre melhor que a do vizinho" ou se não é assim, eu acho que devia ser. (ou então isto sou eu que hoje não estou bem em mim), logo concerteza o "nosso" pastel de nata é que é o melhor. 

Então pergunto-me como pode alguém escolher o melhor pastel de nata? Cada pessoa é que sabe o que é para si o melhor sabor, o melhor aspecto, qual a melhor qualidade de massa, do creme ou da cozedura, porque uns podem querer mais tostadinhos, menos cozidos, e então? Cada um tem o seu melhor pastel de nata do mundo. Encontrem o vosso!  (entendam isto tudo como quiserem, porque no fundo eu continuo a ser a sentimentalista, mas desta vez com pasteis de nata ;D )

domingo, 29 de novembro de 2009

Cantiga Semanal #2 Beach Boys - I Get Around

Epa diz que vem aí o Natal e tal...entao eu pensei em por aqui uma cantiga q tivesse a ver com isso, mas como gosto imenso d pelo menos umas 4 q estao directamente relacionada com o tema decidi meter hoje uma q nao estivesse tao directamente relacionada....

Assim:
Beach Boys - I Get Around
video

Francisco Rolo

domingo, 22 de novembro de 2009

O isto e aquilo das coisas - vamos explorar o conceito Super Hiper Mega?



Hoje apetece-me ir direitinha ao assunto que me trouxe cá.
Vou falar-vos da experiência zorbing.



Será que estão prontos para perceber o conceito SUPER HIPER MEGA tipo...UAU?


Ora bem, uma zorb é uma bola insuflável de plástico, com +/- 3 metros de altura.
O processo é simples: atiras-te para dentro da bola seguras-te a umas pegas com as mãos e pés até que alguém te empurra e, quando dás por ela, tu que estavas no cume de um monte...já estás a rolar feito/a doidinho/a  por aí a baixo a uma velocidade que pode atingir os 50/60 km/h!!!!


Existem dois tipos diferentes de zorbing: o seco (dry zorbing) e o molhado(wet zorbing).
O seco foi aquele que ainda agora descrevi.





O molhado, por sua vez, é completamente diferente. Assim que estás lá dentro és desafiado a ficar de pé e tentar correr dentro da bola enquanto ela rola monte a baixo...tentando acompanhar a coisa (escusado será dizer que cais com o tutu passados 3 segundos no máx.).


Não te parece assim tão difícil? Então fica sabendo que a coisa ainda não fica por aqui!
A wetzorb não contém simplesmente água. Aguinha quente e sabão para ficar bem escorregadio!



Nem o mais ágil dos hamsters conseguiria escapar a esta!


O melhor de tudo?? A zorb já anda por aí rolando na Ásia, Austrália, Europa e América do Norte, onde tem sido um sucesso. Em Portugal...


http://www.smartbox.com/pt/?menu=activity&id=34665


http://www.zorb.com/




Marta Batista

sábado, 21 de novembro de 2009

Cantiga Semanal #1 First Date - Blink-182

Pois bem ontem recebi 1 teste de português no qual tive uma nota bem boa e a professora até disse "gostei tanto de ler o texo do Francisco....é uma leitura assim leve e descontraída (...) gostei mesmo!".
Nisto, eu, sendo uma pessoa bastante razoavelmente egocentrica fiquei todo contente e passei a tarde toda a dizer estupidamente repetidamente "eu vou ser escritor!!" e a Rita como tava danada e cheia de ciumeira triste por eu ter tido meio valor a mais q ela desafiou-me a vir ca escrever qualquer coisa. Eu como sou uma pessoa q nao gosta d virar costas a desafios decidi vir cá abrir a rubrica "Cantiga Semanal".

Esta rubrica como o proprio nome indica vai consistir em todas as semanas eu ca vir meter uma cantiga para os visitantes ouvirem (parece q é moda dos blogs terem uma rubrica assim, e como 'eu sou uma pessoa q sabe' de musica decidi meter ca isto). Esta rubrica vai ser ao domingo, mas como amanha nao me vai apetecer vir ca tenho compromissos adianto isto pa hoje.

Como era a primeira vez decidi meter uma cantiga q tivesse qualquer coisa a ver com uma primeira qualquer coisa...assim lembrei m da First Date dos Blink-182, pcausa do nome da musica, pcausa do video q é um dos meus favoritos da banda, pcausa da musica ser do meu agrado, e pcausa da banda q é uma das minhas favoritas.

Assim:


video
Francisco Rolo

A Rita Rubrica : Crónica do Sorriso





"mostrar uma expressão facial alegre como manifestação de boa disposição, agrado ou aprovação; rir com moderação, sem fazer ruído; rir um pouco" -
definição de sorriso no Dicionário da Lingua Portuguesa



j


Quantas vezes sorris por dia?, mas mais importante...
Quantas vezes sorris verdadeiramente por dia?
Quantas vezes dás um sorriso por dia?, mas mais importante...
Quantas vezes tiras um sorriso por dia?
Quantas vezes sorris sem vontade por dia?, mas mais importante...
Quantas vezes sorris com vontade por dia?
Quantas vezes sorris para ti?, mas mais importante...
Quantas vezes sorris para os outros?
Quantas vezes sorris?


Eu hoje quero sorrir e não consigo, e depois penso:

-Então para que é que desperdiçaste sorrisos com quem não interessa se agora nem um sorriso para ti mesma tens?

, sorrisos perdidos, ganhos, permutados, bajulados, maltratados, desperdiçados.

Eu hoje quero sorrir e não consigo, e depois penso:

- Então mas não sorrio porquê? Estou doente? Porque é que já não consigo puxar os cantos da boca para trás?

, sorrisos perdidos, ganhos, permutados, bajulados, maltratados, doentes.

Eu hoje quero sorrir e não consigo, e depois penso:

- Então mas que estupidez é a tua? Não sorris afinal porquê? Se calhar no fundo não queres!

, sorrisos perdidos, ganhos, permutados, bajulados, maltratados, indesejados.

Eu hoje quero sorrir e não consigo, e depois penso:

-Então porque raio estás a escrever sobre sorrisos?

, sorrisos perdidos, ganhos, permutados, bajulados, maltratados, escritos.

Sorrir dizem que é um acto cultural, que todos independente de como são criados sorriem, e daí já há quem diga que o sorriso chega a ser algo genético.


“O sorrir é um automatismo dos músculos da face que ocorre em resposta a determinados estados mentais, mas ele pode e é usado para transmitir informação.”


Então é isso, os meus músculos não estão a responder.
Não!
A culpa não é dos músculos , a culpa é que falta os estados mentais para eles responderem.
Mas então porque é que desperdiças sorrisos?
Enganas os teus músculos?
Secalhar…

Sorris quando estás atrapalhado, sorris quando te sentes envergonhado, sorris quando queres mostrar o quanto amas essa pessoa, sorris quando admiras algo, sorris quando sentes que és amada, sorris quando simplesmente não dá para ter outra reacção.
Sorris no olá, sorris no adeus, sorris no até já.

O sorriso pode ser um sim mudo, um gosto de ti envergonhado, ou um amo-te escondido.

Sorri!

Nunca negues um sorriso.
Ele pode fazer falta um outro dia.


Solta o sorriso!
Sorri, mas acima de tudo faz sorrir!


Rita.

Pesquisar neste blogue